Apresentação

O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) foi reconhecido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) como entidade acreditadora por meio do Programa de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (Padi) e como gestora de outros programas de qualidade pelos Selos de Mamografia, Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada e Ultrassonografia. A assinatura dos termos de reconhecimento ocorreu no dia 19 de julho de 2016.

O reconhecimento do Padi pela ANS garante que as clínicas acreditadas pelo Padi tenham direito ao melhor índice na aplicação do Fator de Qualidade estipulado pela Lei nº 13.003/14 e regulada pela Resolução Normativa nº 364. A vigência do Fator de Qualidade para as clínicas radiológicas e de diagnóstico por imagem está prevista para janeiro de 2017.

Assim, o CBR será uma das organizações que auxiliarão a ANS no estabelecimento de critérios de aferição e controle da qualidade da prestação de serviços na saúde suplementar, estimulando a melhoria contínua. Os objetivos são que os pacientes possam fazer melhores escolhas baseadas em qualidade, as operadoras invistam em redes assistenciais mais efetivas e os prestadores de serviço aperfeiçoem seus processos e desempenhos.

Como entidade parceira, o CBR deverá enviar à Agência – periodicamente e quando solicitado – a relação dos prestadores de serviços de saúde que possuem os atributos de qualificação, isto é, os certificados de acreditação ou os selos de qualidade vigentes.

 

Sobre o programa

A visão de qualidade no Brasil era principalmente relacionada à segurança. Em 21 de dezembro de 1988, foi publicada a Resolução Normativa nº 06, do Conselho Nacional de Saúde, sobre as normas técnicas gerais de radioproteção, visando a defesa da saúde dos pacientes, indivíduos profissionalmente expostos e público em geral.

Nos 18 anos seguintes, mais de uma dezena de resoluções e portarias enfocaram a segurança. Somente a partir de 2006, a atenção se expandiu para qualidade do ponto de vista do beneficiário, abrangendo o escopo completo da prestação de serviço.

A atuação pioneira do CBR teve início em 1992, com a criação do Programa de Certificação de Qualidade em Mamografia. A experiência acumulada, os resultados alcançados e o reconhecimento recebido levaram à elaboração de programas também para as áreas de Ultrassonografia, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética.

Acompanhando a evolução da qualidade na área da saúde no Brasil, em 2013 o CBR começou a elaborar seu programa de acreditação, de modo a atender a evolução do mercado e considerar a prestação do serviço médico de forma mais abrangente, garantindo a qualidade como um todo para o beneficiário, não apenas a excelência na execução dos exames de imagem.

O Colégio assumiu este desafio e enorme responsabilidade perante a sociedade porque reúne o conhecimento necessário e essencial para desenvolver e aplicar um programa de acreditação que aborde, além da qualidade dos processos, a qualidade dos procedimentos médicos.

O desenvolvimento do Padi contou com a participação de mais de uma centena de radiologistas de todo o Brasil e envolveu, ainda, a pesquisa sobre as experiências de sucesso de outros programas de acreditação no Brasil e no mundo.

O objetivo principal do Padi é qualificar nacionalmente os serviços, públicos ou privados, que aderirem voluntariamente ao programa, por meio de avaliações, criteriosas e imparciais, do cumprimento de requisitos mínimos de qualidade, segurança e sustentabilidade.

A norma Padi não foi planejada para refletir ou verificar exclusivamente o cumprimento de nenhuma legalização ou regulamentação nacional específica, mas procura constituir-se em um referencial de qualidade e um padrão de excelência no setor.

O Padi foi estruturado em cinco grandes áreas levando em conta a estreita interação entre os processos. Cada uma delas apresenta a descrição de seu propósito, seus critérios e seus itens de orientação aplicáveis, de modo integrado:

  • Governança e Gestão
  • Gestão da Qualidade
  • Realização do Exame
  • Apoio Diagnóstico
  • Gestão da Infraestrutura, Radiação e Segurança

Realização:

cbr